A primeira vez a gente nunca esquece

Em 01/04/2016


Lembro como se fosse ontem. Suor, tremor e nervosismo tomavam conta do meu corpo e podiam ser apreciados a kilometros. Ainda inexperiente no assunto, mas por conta da situação e da pseudo coragem, estava totalmente entregue ao momento. Também entregue estava a minha vida as mãos de Deus, torcendo para que desse tudo certo e terminasse logo. Se bem que, nestes casos, o logo, não é exatamente o que precisamos. Com mais tempo podemos explorar novas possibilidades, manobras mirabolantes e, é claro, surpreender.

Falando em surpresa, surpreso fiquei eu, ao ver a noiva entrando na igreja. Sim, naquela época, quando comecei a fotografar casamentos, não tinha o tanto envolvimento como hoje. Tanto para mim, quanto para o noivo, o vestido que a nubente usaria para dizer o tão esperado sim era uma incógnita. E de fato, o vermelho não era uma cor que esperávamos. Tanto que esqueci de fotografar e fiquei tentando entender o que estava acontecendo.

Pois nessa vida de fotógrafo, muitas foram as coisas que vi e ainda vejo pela primeira vez.

E a primeira vez não deve ser esquecida.

Sim, ela!

Ela é, ou deveria ser, responsável por nos deixar sempre alerta.

Ela deveria nos inspirar a ter um olhar sem julgamento, afiado e rápido.

Nos tirar da zona de conforto.

É ela.

É ela que esquecemos quando trabalhamos demais, quando vivemos de menos e quando fazemos por fazer. Tudo que vemos é memorável, pois é único, só depende da nossa atenção. Fique atento quando vires o F5.6, pois já sabemos que sua primeira vez com ele será inesquecível, e pode apostar que vamos nos esforçar para você se apaixonar.

Lembre que incontáveis "primeiras vezes" passam à sua frente todo o dia, a diferença esta no que você vai fazer com elas.

Sabemos que foi a sua primeira vez aqui no blog.

Foi bom pra você?

Lista VIP - Faça parte

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

cadastrar

Salvando Vidas #setembroamarelo

Em 28/09/2017


Nesse setembro amarelo, gostaríamos de compartilhar uma história com vocês. História de um gesto "simples" que salvou uma vida. Quando a fotografia tem o poder de ir muito além do que inicialmente o fotógrafo se propõe a realizar.   É preciso levar a sério essa profissão, sabendo que através dela, o fot&oa