Fotógrafos de Palco

Em 23/03/2017


Há alguns dias, li algo sobre empreendedores de palco, palestrantes motivacionais que nunca sequer tiveram uma empresa de sucesso. Paralelo a isso, acredito que estejam surgindo fotógrafos de palco, e o pior, pregando regras e filosofias de algo que nunca sequer existiu.


Na fotografia, assim como em quase tudo na vida, precisamos sempre evoluir, buscar conhecimento e aprimorar essa tão bela forma de expressão que nos enche de sentimentos, emoções e poesia.


Porém, sem esquecer que esse processo todo acontece um passo de cada vez.


Hoje, vejo muitos “profissionais” que embarcam nessa jornada por acreditarem que existe algum tipo de glamour na profissão e tão logo iniciam, fazem algum curso, três ou quatro trabalhos, lançam um workshop e uma palestra.


Pois bem, não tem nada de errado em qualquer profissional competente e experiente ensinar aos outros o que sabe e o que gerou a ele algum tipo de valorização, reconhecimento ou sucesso.


Mas como fazer isso sem antes ter construído uma carreira sólida ou ter um trabalho consistente que sirva de exemplo para o que está ensinando?


É quase o processo contrário



Como dizem, tem coisas que estão de cabeça pra baixo. Sinceramente, não vejo uma maneira de pular etapas na vida.


Precisamos passar por todas elas, pelos erros e acertos para chegar aos nossos objetivos e criar maturidade. Depois disso, sim, compartilhar todo o nosso aprendizado, seja na fotografia ou qualquer outro tema para que possa servir de inspiração e realmente ajudar as pessoas.


Acredito que só podemos falar sobre algo que ganhamos o direito de falar, com toda nossa vivência. Muitos “Fotógrafos de palco” não conquistaram esse direito. Fico preocupado com o resultado que isso pode ter no mercado.


Claro, existem profissionais e profissionais. O mais importante é que, entre tanta oferta de eventos e workshops, estejamos sempre atentos para identificar e selecionar com quem e aonde estamos buscando aprendizado e evolução.


Então eu te pergunto, quem são tuas referências hoje?


Lista VIP - Faça parte

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

cadastrar

3 lições que aprendi trabalhando em casamentos

Em 13/03/2017


Quando era ainda um garotinho, uns 10 anos, adorava acompanhar os preparativos de meu pai antes de ir aos casamentos. Quem é fotógrafo - ou filho de um - sabe que sábados são sagrados, são dias de labuta. Labuta esta que requer certos pré requisitos que, por aptidão ou prática, incorporam o fazer destes trabalhadores.Comigo foi na prática. Logo no meu primeiro evento como auxiliar, você